Não se lamente ou se preocupe - Ore e Agradeça!

domingo, 30 de abril de 2017

Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica , com ações de graças. Filipenses 4.6

Nesse versículo, o apóstolo Paulo nos ensina como resolver nossos problemas. Ele nos instrui a orar com ações de graças em todas as circunstâncias.

O Senhor ensinou-me o mesmo princípio desta maneira: "Joyce, por que eu deveria lhe dar qualquer coisa se você não é grata pelo que já tem? Por que deveria dar-lhe algo mais sobre o que se queixar"?

Se não pudermos oferecer nossos atuais pedidos de oração de uma base de vida cheia de ações de graças, não conseguiremos uma resposta favorável. A Palavra não diz orar com queixas, ela diz orar com ações de graças.

Murmuramos, resmungamos, censuramos e queixamos, geralmente, quando algo não saiu do jeito que queríamos, ou quando estamos tendo de esperar por alguma coisa por mais tempo do que o esperado.

A Palavra de Deus nos ensina que devemos ser pacientes durante esses tempos. Descobri que a paciência não é a habilidade de esperar, mas a habilidade de manter uma boa atitude enquanto se espera.

É muito importante que este assunto de queixas e todos os tipos relacionados de pensar e conversar negativamente sejam encarados muito seriamente. Creio sinceramente que Deus me deu uma revelação de como é perigoso permitir que nossa mente e nossos lábios sejam controlados por eles. Deus disse aos israelitas em Deuteronômio 1.6: ...

Tempo bastante haveis estado nesse monte. Talvez você tenha estado em volta da mesma montanha muitas vezes e agora esteja pronto para continuar. Se assim é, será bom lembrar-se de que você não irá adiante de maneira positiva enquanto seus pensamentos e sua conversa estiverem cheios de queixas. Eu não disse que seria fácil não se queixar, mas você tem a mente de Cristo.

Por que não tirar o máximo proveito dela? 

Trecho do Livro "Campo de batalha da mente" de Joyce Meyer

 

0 comentários :

Postar um comentário