Como ser um verdadeiro adorador

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018


Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. João 4:23 

O que significa a palavra louvor?

Louvor é o ato de enaltecer e glorificar algo ou alguma coisa; exaltar a ação de alguém.

Então louvor, em caso de você querer ser um verdadeiro adorador é enaltecer e glorificar à DEUS, JESUS e o ESPÍRITO SANTO.

Devemos louvar não só com a boca, mas com todo o nosso ser. Veja o versículo abaixo:

A minha boca falará o louvor do Senhor, e toda a carne louvará o seu santo nome pelos séculos dos séculos e para sempre. Salmos 145:21

O que vejo hoje em dia em muitas músicas que chamam de “louvor” enaltecendo o homem e não a Deus. Músicas contaminadas com o Eu sendo o centro das coisas, "você é o melhor, você é tudo, você vai conseguir isso ou aquilo..." Como pode alguém dizer que isso é “louvor”?

Sinceramente me responda, esse tipo de música corresponde ao significado de louvor acima citado?

Porque então esse tipo de música é cantada inclusive nas igrejas como se fosse louvor? Porque falta entendimento.

Muitas vezes as pessoas não sabem diferenciar o verdadeiro louvor, apenas repetem o que sempre lhes foi ensinado. Se esse tipo de música é cantada na igreja então deve ser louvor...mas não é.

Veja o que diz Salmos 147:1 Louvai ao SENHOR, porque é bom cantar louvores ao nosso Deus, porque é agradável; decoroso é o louvor.

Quando for louvar preste atenção na letra do louvor, senão estiver louvando a Deus, não é louvor.


Texto escrito por Wilma Banegas


 

Porque devemos ser humildes?

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018
Em João 3:26 os discípulos de João Batista o questionam sobre Jesus, que estava batizando e muitos o estavam seguindo. João Batista então lhes responde que ele mesmo não era o Cristo e sim Jesus. E disse mais: É necessário que ele cresça e que eu diminua. João 3:30 Isso demonstra a extrema humildade de João Batista, o mesmo que disse a Jesus que não era digno de desamarrar suas sandálias. No entanto em Mateus 11:11 Jesus disse: Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele. Ao mesmo tempo que Jesus enaltece João Batista, Ele diz que o menor no reino é maior do que ele. Parece contraditório, mas não é. O que Jesus está dizendo é que não devemos nos considerar maior nem melhor do que ninguém, mas devemos sempre ser humildes como foi João Batista. Não devemos julgar as pessoas nos achando mais santos e melhores do que nossos irmãos. Deus não se agrada do soberbo, mas se agrada quando lembramos que somos apenas servos. Tenho visto muitas pessoas, inclusive pregadores se achando melhores, mais santos, mais inteligentes do que seus irmãos e na verdade devemos sempre lembrar desse versículo onde João disse que é necessários que eu diminua, para que Jesus cresça. Não somos melhores, não somos mais santos, não somos nada se Jesus não estiver em nossa vida! Toda honra e toda glória pertence somente ao cordeiro: Jesus! Foi Ele, e não nós que fez tudo para que hoje tenhamos a salvação e devemos ser eternamente gratos a ele por isso. Texto escrito por Wilma Banegas

Resenha Trilogia Kilaim

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018


Para quem leu (e gostou) dos livros Filho do Fogo 1 e 2, Daniel Mastral lançou a Trilogia Kilaim no mesmo estilo.

Abaixo eu coloquei as sinopses de cada um dos livros para quem quiser saber do que se trata.

A minha opinião é que gostei muito da Trilogia, apesar de achar que houve algumas partes que poderiam ser omitidas sem comprometimento da obra como um todo, pois eram totalmente irrelevantes. O livro me prendeu e isso é um ponto bem positivo, já que são três livros bem grossos.

Nesses livros o Daniel se aprofundou mais em alguns pontos do satanismo, que não foram tratados nos livros Filhos do Fogo e que são bem assustadores. Para quem gosta do assunto sobre batalha espiritual e satanismo, são livros cheio de informações, além de ser uma boa leitura.

Eu gosto muito dos livros do Daniel Mastral. Já li Filho do Fogo 1 e 2 cuja resenha se encontra no post anterior.

 Agora as sinopses de cada livro da trilogia:

Kilaim

Um novo broto surge no horizonte, cálido e inesperado. Kilaim: Uma história de amor, ciúmes, vingança e morte. Apaixonados, Camille Marie Mastrangello e Ethan Mastrangello julgam ter alcançado uma bênção dos Céus, Camille está grávida – apesar de sua esterilidade. Porém, contrária às expectativas, a gestação passa a ocasionar momentos perturbadores à vida do casal. Enquanto o feto ganhava cada vez mais tamanho anormal, Camille passava a ter sentimentos estranhos, que não pareciam seus, tinha desejos incomuns e em alguns momentos tornava-se fascinada pela morte. Alheios aos acontecimentos que fogem à percepção humana, eles são acompanhados de perto pelos que habitam as regiões da Sombra, e seu filho Kilaim atravessa cada fase de sua vida de forma surpreendentemente assustadora. Uma série de acontecimentos transforma o sonho dessa família em pesadelo e, enquanto a Interpol entra em cena, um terrível golpe cai sobre eles. Os melhores agentes procuram encontrar resposta para um desaparecimento na Itália, seguido de um provável assassinato. 

Nephilim

Kilaim Mastrangello vive o luto pela perda abrupta de seu amor e ainda está perplexo com as decisões que partiram da Organização Secreta. Aqueles que eram seus amigos condenaram Camille Mastrangello à morte, em função de um erro que, agora, o tortura. O fato de Kilaim ter amado a própria mãe e a desejado ardentemente não era passível de reprovação, pelo contrário. Gerado para ser um vaso de poder, o filho de Lucipher aprendeu a ser livre e usufruir do melhor que a terra tem a lhe oferecer. O preço? Esquecer-se das regras arcaicas impostas pela sociedade e pela Igreja, entregando-se de corpo e alma ao ocultismo e à magia negra. Decisão que jamais poderia ser revogada. Em meio à dor e à solidão, uma pequena flor surge no caminho de Kilaim... Uma flor que guardou, intocada, uma parte de Camille. Trazida pelo vento dos acontecimentos, plantada na terra sofrida, regada com singeleza, agora floresce amor e perfuma aroma de vida. (Vida? Como poderia haver vida onde antes só existia morte?) Nem conversas, nem discussões, nem castigos ou ameaças; nada poderá impedir Kilaim de realizar o inevitável. Há apenas uma única saída ¿ uma saída arriscada. Resta saber se o jovem, diante disso, conseguirá abraçar o verdadeiro amor ou sucumbirá perante a indestrutível realidade de sua essência.

Ikarim 

Kilaim Mastrangello não está mais sozinho. Pouco a pouco, sua namorada Claire ocupa o espaço que antes pertencia a Camille, e preenche o vazio de sua morte. Um novo cenário desponta, emoldurado pela Floresta Amazônica. Em meio à beleza da viagem, as forças ocultas se agitam e Leviathan, o príncipe das águas, mostra seu poder. Contrabalanceado pelas forças angelicais é difícil dizer quem será vencedor, ou mesmo se haverá um. As intrincadas raízes do Mal que abraçam o coração de Kilaim duelam com a pureza do Bem em Claire, e mostram-se cada vez mais conflitantes. As nuvens da tormenta estão se avolumando, tornando cinzento o horizonte da esperança.Haverá, afinal, um meio de conciliar o inconciliável, ou tudo terminará em grande ruína? Água e vinho. Doce e amargo. Luz e Trevas. O clímax se aproxima. A Organização Secreta não pretende esperar muito tempo para ter de volta o controle sobre Kilaim, e agora se justifica o uso de todos os meios!


 

Não se preocupe com o dia de amanhã

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018


Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. Mateus 6:34.

Vejo muitas pessoas estressadas se preocupando com o futuro, não dormem imaginando como será o amanhã, o que irá lhes acontecer.

Nessa passagem bíblica, Jesus nos fala sobre não se preocupar como o que vamos vestir ou comer, não nos preocupar com o dia de amanhã, pois Deus é quem cuida de nós. Falou ainda “Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” Mateus 6:26

Se Deus cuida das aves dos céus, como não cuidará dos seus filhos?Mas nós muitas vezes achamos que Deus não está vendo nossas necessidades...confiamos mais em nossos braços do que no Senhor. Tentamos dar um “jeitinho”, achando que Deus não dará conta de nossos problemas. Eu já tive uma experiência parecida e contei aqui no blog.

É obvio que não devemos simplesmente cruzar os braços e esperar as coisas caírem do céu. Aquilo que podemos fazer temos que fazer, mas aquilo que está além de nossas forças temos que confiar e crer que Deus está no controle e nos ajudará.

Não precisamos ficar nos estressando, nem perder noites de sono, arrancar os cabelos preocupados em como resolveremos nossos problemas, devemos entregar nas mãos do Senhor e confiar que Ele resolverá no momento oportuno.


 

Testemunho: Fui curada de tendinite

domingo, 4 de fevereiro de 2018


Eu comecei a sofrer de tendinite devido trabalhar digitando o dia todo. Começou com dores no pulso e foi expandindo até chegar nos ombros. Várias vezes por dia eu tinha que parar meu trabalho, pois não aguentava a dor muito forte. À noite só dormia à base de remédios pra dor e pomadas relaxantes musculares. Era uma verdadeira tortura. Procurei ajuda médica e o médico disse que eu deveria deixar de fazer aqueles movimentos repetitivos durante um bom tempo, para que conseguisse desinflamar os tendões e obter a cura. Acontece que era o meu trabalho e eu não poderia me dar o luxo de me afastar assim...voltei pra casa com os remédios, porém muito triste sem saber o que fazer.

Um dia eu estava assistindo um programa na TV onde o pastor disse que iria orar por pessoas que tinham problemas de dores nos braços. Na mesma hora me lembrei do meu problema e me ajoelhei para orar junto com ele. Eu sentia que era a minha hora, era como se o Espírito Santo dissesse: aproveita agora! Eu abri meu coração à Deus, falei que precisava trabalhar, não podia ficar daquele jeito, nem parar, pois tinha um filho pra criar e pedi que Ele me curasse. Após a oração eu cri que estava curada. Simples assim.

Passou-se quase um mês depois disso, quando meu colega de trabalho reparou que eu não parava mais de digitar reclamando de dor. Nem eu tinha me dado conta disso! Na hora eu disse: _Estou curada! Aleluia!

Irmãos, eu NUNCA mais tive problema de tendinite, isso já faz mais de sete anos! Outro dia eu ouvi um absurdo de uma pessoa dizer que Jesus não cura mais, que isso foi no passado, blá, blá blá...bom, EU FUI CURADA POR JESUS ! E essa não foi a única vez que fui curada, pois já fui curada de outras doenças também. “Se você crer, verá a glória de Deus”! Foi isso que Jesus disse a Marta, quando Ele iria ressuscitar Lázaro.

Eu sei que nem todos são curados, eu creio que às vezes há algum propósito, eu não sei o motivo, só saberemos na glória, mas dizer que Jesus não cura mais hoje em dia é um absurdo!

Texto de Wilma Banegas


 

Resenha: Filho do Fogo 1 e 2

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018


Faz algum tempo que li esses dois livros, mesmo assim resolvi compartilhar aqui a história e minha opinião a respeito deles.

Vamos ler a sinopse primeiro:

 Eduardo Daniel Mastral, um jovem curioso e inteligente, campeão de artes marciais, sempre esteve dividido entre o mundo natural e o sobrenatural. O desejo de experimentar o desconhecido e conhecer a Verdade acabou por leva-lo a um mundo reservado a poucos. Depois de escrever uma carta endereçada a uma Seita Satânica, com sede em São Francisco, Califórnia, acabou sendo procurado por um alto sacerdote do Satanismo no Brasil e foi apresentado a essa organização secreta com grande poder de influência global, cujo principal objetivo é lançar uma rede estratégica sobre as diferentes culturas mundiais a fim de prepara-los para o advento do anticristo. O jovem de dezessete anos mergulha na realidade dos adoradores do diabo, os Filhos do Fogo, e na antiquíssima prática do Ocultismo, a mesma que se aprimora desde os imemoriais tempos dos babilônicos, dos egípcios e dos druidas. Após alguns anos de dedicação estrema, Eduardo torna-se um feiticeiro da Alta Magia, compactuado por meio de sangue com os mais tenebrosos príncipes infernais, de quem recebe muito poder e a promessa de tornar-se um político influente. Cercado por pessoas de alto poder aquisitivo e grande poder de persuasão, a verdadeira nata da sociedade, e tendo a seu lado sua alma gêmea, Eduardo está convicto de ter encontrado o caminho da Verdade. Entretanto, ele esbarra em um homem que, contra todas as expectativas, não é derrotado diante dos mais poderosos encantamentos das Trevas, e insiste em continuar vivo.

Minha opinião:

Quando eu li na primeira vez o livro, não entendi muito bem o propósito a que foi escrito. Parecia que os autores “engrandeciam” demais a amizade e companheirismo dos membros da seita satânica, bem como os poderes dos demônios. Porém, após ler os livros até o final compreendi a perspectiva do autor, já que ele conta sua experiência dentro de uma seita satânica. A própria Bíblia diz Os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz. 
Lucas 16:8

E por várias vezes pude constatar isso no meio cristão, infelizmente. Há mais desunião entre os cristãos do que entre os satanistas. Digo isso por experiência própria, após mais de 20 anos de conversão.

Como estudo de batalha espiritual é muito válido a leitura dos livros, me fez entender mais profundamente como os demônios atuam no mundo espiritual, bem como as estratégias do anticristo para o apocalipse. Inclusive algumas dessas estratégias já foram confirmadas.

Recomendo a leitura dos dois livros, pois um é continuação do outro, se você se interessa por batalha espiritual.


 

28 dias de gratidão

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018
Em agosto de 2016 eu participei de um projeto com a hastag #30diasdegratidão e até postei aqui no blog contando um pouco da minha experiência. Ano passado eu não participei do projeto, mas sempre anoto as bênçãos que recebo na minha agenda e agradeço à Deus por elas.

Nesse mês de Fevereiro eu quero fazer um projeto diferente. Quero anotar TODOS OS DIAS pelo menos uma benção e agradecer à Deus. Serão 28 dias de gratidão.

Não tem mistérios, é só ir anotando dia 01/fev = agradeço pela benção tal, dia 02/fev benção tal...e assim vai. Simples.

Sabe, desde que comecei esse hábito de anotar as bênçãos, eu mudei totalmente minha perspectiva em olhar a vida. Parei de murmurar e comecei a enxergar tudo aquilo que antes não conseguia ver...as inúmeras bênçãos de Deus em minha vida. Isso me fez ser uma pessoa mais grata e mais feliz.

Quando você começa a ver quantas coisas o Senhor tem derramado sobre sua vida, você começa a perceber que é abençoado todos os dias. O salmo 103:2 diz Bendiga o Senhor a minha alma! Não esqueça nenhuma de suas bênçãos!

Que tal você começar esse projeto junto comigo? Se quiser pode compartilhar em sua rede social.